Personal tools

Leal-2015a

From IEETA

Jump to: navigation, search

Master thesis

Title CONTRIBUTOS PARA O DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES DESTINADAS A CRIANÇAS COM PERTURBAÇÃO DO ESPECTRO DO AUTISMO
Author Ana Catarina Travessa Leal
School Mestrado em Ciências da Fala e da Audição, DETI/DLC/SACS, Universidade de Aveiro
Address
Month December
Year 2015
Advisor António J. S. Teixeira, Samuel Silva
Group Biomedical Informatics and Technologies
Group (before 2015) Transverse Activity on Innovative Biomedical Technologies

Objetivo: Contribuir para o desenvolvimento de aplicações destinadas a crianças com Perturbação do Espectro do Autismo através da proposta de ferramentas facilitadoras da especificação das suas características, necessidades e interesses.

Método: A caraterização dos potenciais utilizadores implicou a descrição de uma “família de personas”. As informações utilizadas nas suas descrições tiveram por base a revisão da literatura e a opinião de especialistas na área. Através da realização de um questionário de validação, a um painel de peritos (n=5), foi possível aferir a adequação das afirmações incluídas nas personas, assim como a necessidade de inserir ou retirar algum dado das mesmas. Para a especificação dos contextos específicos de uso e a derivação dos requisitos a incorporar no protótipo da aplicação foi elaborado um cenário de contexto. Posteriormente, foram dados contributos para o desenho e desenvolvimento da primeira versão do protótipo da aplicação, num trabalho colaborativo com um profissional da área da programação. Foi também realizada a primeira avaliação, utilizando uma grelha de avaliação de desempenho, o questionário PSSUQ, a escala ICF-US e um questionário de avaliação específica para Professores de Educação Especial.

Resultados: Foram criadas um total de sete personas, incluindo uma criança com PEA, o seu agregado familiar (mãe, pai e irmã) e os profissionais que integram a equipa interdisciplinar (professor de educação especial, professor de ensino regular e terapeuta da fala). Da análise das respostas dos peritos ao questionário de validação, constatou-se que as suas descrições, de uma forma geral, não foram postas em causa e melhoraram em poucos detalhes. Relativamente ao protótipo da aplicação apresentado, a análise dos dados recolhidos na sessão de avaliação permitiu verificar que a maioria dos participantes interagiu com o sistema com alguma facilidade e autonomia. A média da pontuação total do questionário PSSUQ foi de 2,15 em 7 (dp=0,81), o que indica um elevado nível de usabilidade e satisfação dos participantes, e a média do score total da escala ICF-US I, num interval de -30 a 30, foi de 17,6 (dp=7,09), o que revela que no geral o protótipo foi facilitador.

Conclusão: As personas criadas foram consideradas pelos peritos como boas descrições dos potenciais utilizadores e foram uma ferramenta fundamental no processo de desenvolvimento do protótipo da aplicação, permitindo aos vários intervenientes perceber melhor os utilizadores alvo. Os dados recolhidos durante a sessão de avaliação do protótipo da aplicação indicaram que o sistema possui níveis aceitáveis de usabilidade e pode ser visto como um importante recurso de apoio ao processo de ensino e aprendizagem das crianças com Perturbação do Espectro do Autismo.